domingo, 31 de dezembro de 2017

10 ervas para emagrecer

Perder peso é um objetivo muitas vezes algo complicado. Em geral, se queremos perder peso é porque nós ganhamos de mais (obviamente), mas com base em maus hábitos.

Mudar esses costumes, não é sempre fácil. Implica, por um lado, aprender a comer de outra forma, como, por exemplo, incorporando ervas, mas não apenas durante a dieta, mas para sempre.

Se vamos fazer por um tempo determinado, com certeza vamos perder peso para voltar a ganhá-lo. Por outro lado, é fundamental fazer exercício, sempre de acordo com a condição de cada um. Se modificarmos a dieta e, por sua vez, nos exercitamos, vamos perder peso são segurança. O ponto é que muitas vezes esse processo pode ser um pouco lento e temos formas de apoiá-lo de modo que não seja tão calamidade. Uma dessas formas é utilizar alguma destas maravilhosas ervas para emagrecer que são muito saudáveis e eficazes.

10 ervas para emagrecerno entanto, é importante ter em mente algumas coisas. Uma fundamental é não exceder na quantidade.

Se bem é verdade que o chá verde, por exemplo, ajuda a perder peso, não se pode tomar 10 litros a dia. Esse esclarecimento que parece exagerada, não é nada de mais, já que não falta quem pense que, se são três copos por dia perde 1 quilo por semana, com 30 canecas pode perder 10 quilos.

Veja também:

O outro aspecto a considerar é que, sempre que vai começar uma dieta, exercício ou consumir com frequência uma erva fora do habitual, há que consultar com o médico de cabeceira. No caso de crianças, grávidas e mulheres amamentando, simplesmente não se deve fazer nada disso, salvo expressa autorização.

Finalmente, há que lembrar que isso é uma ajuda, que deve fazer parte de um plano completo, que deve se sustentar no tempo.

As 10 melhores ervas para emagrecer

1. Chá verde.

O chá verde acelera o metabolismo, quando tomado em doses suficientes (cerca de 4 xícaras ao dia), por isso é uma grande ajuda para perder peso. Há que ter em conta, por outro lado, que o chá verde traz muitos antioxidantes, que combate os temíveis radicais livres que se formam com os anos. Deste modo, não só vamos perder peso, mas que vamos estar mais saudáveis. Há um tempo atrás foi publicado um interessante estudo no American Journal of Clinical Nutrition. Nesse estudo estabelece que aqueles que fizeram dieta e, além disso, consumiram chá verde perderam, em igual tempo (três meses) muito mais peso do que aqueles que só fizeram dieta.

Veja também:

Chá-Verde

2. Espinheiro-vinheto.

A infusão de espinheiro-vinheto é um contributo muito importante para um plano de perda de peso. Por um lado, acelera o metabolismo, mas por outro lado, combate a ansiedade. Em uma dieta, a ansiedade é o pior inimigo já que por ela é que se consumir alimentos fora de hora e em quantidades desnecessárias. Como contribuição adicional, ajuda a digestão.

3. Rabo de cavalo.

Rabo de cavalo é um poderoso diurético. Por esse motivo, ajuda a perder o peso extra que tem como excesso de líquidos, mas não é que queima a gordura. Digamos que o seu purificação de ação é o que mais se destaca. No entanto, algo que lhe encanta a todas as mulheres: melhora significativamente a celulite. Por tudo isso é altamente recomendável.

Veja também:

Rabo De Cavalo

4. Bétula.

Na verdade, é semelhante ao caso anterior, já que ajuda mais que nada a perder líquidos. Isso pode ser algo enganador, já que nos primeiros dias você perde muito peso e, em seguida, se relaciona a perda do mesmo. Isso ocorre porque, nesses primeiros dias, se elimina o excesso de água, não de gordura. É muito usado também para diminuir os níveis de colesterol elevados, dado para nada menos aquelas pessoas que têm esse problema, algo que é potência negativamente com o excesso de peso.

5. Alcachofra.

Sua ação é muito completa. Por um lado é diurético, como os casos anteriores. Por outro lado, acelera o metabolismo, e para completar suas ações, proporciona grande sensação de saciedade evitando estes alimentos inúteis que levam a ganhar peso.

Veja também:

dieta da alcachofra

6. Fucus.

O fucus é uma alga marinha, que acelera o metabolismo. No entanto, se bem que se recomenda o seu consumo (sempre a preparar uma infusão com a alga fresca), há que ter o cuidado de não exceder o mesmo. Não é o melhor para incorporá-la diariamente, mas se cada tanto.

7. Erva-mate.

Como temos visto nos dias de hoje, a erva-mate acelera o metabolismo e, por sua vez, dá sensação de saciedade.

Veja também:

8. Aloe vera.

O extracto desta planta faz parte de muitos planos de emagrecimento, dados seus importantes efeitos sobre o metabolismo. A planta tem um sabor fortemente amargo, por isso é melhor consumir o extrato já processado.

Veja também:

máscara-de-aloe-vera

9. Dente-de-leão.

O dente de leão é um poderoso diurético, mas, por sua vez, acelera o metabolismo. Sua infusão é preparado com duas ou três folhas por uma xícara de chá, se bebe umas três ou quatro vezes ao dia. Também se podem consumir as folhas em saladas, o que é de grande ajuda na dieta.

10. Erva-doce.

O funcho não apenas serve para diminuir o apetite, mas que melhora notavelmente a função digestiva. Por esse motivo, a incorporação dessa hiebar para adelagazar na dieta é muito recomendável.

Veja também:

Conclusões

Podemos escolher uma ou várias destas ervas para emagrecer e podemos ir alternando-as. No entanto, é importante compreender que estas são ajudas complementares (eficientes e eficazes) para um plano mais global que deve provocar uma mudança de hábitos que se deve sustentar no tempo. Trata-Se de pensar a perda de peso, especialmente se você é muito, em termos de médio e longo prazo e não em conseguir perder muitos quilos em poucas semanas. Em quase todos os casos que se fazem dietas mal planejadas e se perde muito peso em curtos prazos, o salto é seguro, por isso que em alguns meses, o excesso será ainda maior.